Carnaval chega mais cedo este ano

carnavalAmantes do Carnaval, se preparem! Neste ano, a festa mais popular do Brasil dá as caras bem cedo e com recorde. Nas ruas da Cidade, por exemplo, haverá 491 desfiles. Para receber cerca de 4 milhões de pessoas, a Prefeitura vai disponibilizar banheiros, o dobro de ambulâncias e toda a infraestrutura necessária para que os foliões aproveitem a festa com segurança.

Durante toda a festa, que irá ocorrer entre os dias 3 e 18 de fevereiro, serão 491 desfiles por todas as regiões da capital. O ponto principal da festa será a Avenida 23 de Maio, na Zona Sul, onde são esperadas mais de 500 mil pessoas durante o desfile de grandes blocos, mas somente na zona oeste haverá 183 desfiles.

A população poderá acompanhar a programação no site oficial do Carnaval de Rua de São Paulo (www.carnavalderua.prefeitura.sp.gov.br). A ferramenta vai oferecer o cronograma completo das agremiações por data, horário e bairros, além de dados sobre os blocos, como percurso, público estimado e como chegar aos locais dos desfiles. O objetivo é ser a fonte oficial de informações para os paulistanos e turistas que virão para a capital aproveitar o feriado de folia. As dicas servem para os foliões e para quem quer fugir dos desfiles, já que as rotas podem ser consultadas.

Durante todo o Carnaval, a Prefeitura disponibilizará banheiros químicos, ambulâncias de remoção, ambulâncias com UTIs, agentes vistores e de apoio, além da infraestrutura necessária para que os foliões aproveitem a festa com conforto e segurança. Dez mil ambulantes foram cadastrados para atuarem em todas as regiões. O evento será integralmente patrocinado pela iniciativa privada, selecionada por meio de Chamamento Público. A Dream Factory, parceira oficial do Carnaval 2018, será responsável pela operação do evento.

 

No Sambódromo

Já as escolas do grupo Especial desfilam na sexta-feira, dia 9, e sábado, dia 10 de fevereiro, adentrando aos dias subsequentes.

A região oeste estará representada pela Mancha Verde, Tom Maior e Dragões da Real. A Mancha é a primeira a desfilar. Ela entra na avenida na madrugada de sábado, às 2h30. Neste ano, a escola vai levar para o Anhembi o enredo “A Amizade. A Mancha Agradece do Fundo do Nosso Quintal”, em homenagem ao grupo de pagode Fundo de Quintal, um dos maiores expoentes do gênero no Brasil.

A entrada da Tom Maior está prevista para às 5h45 e, neste ano, a agremiação canta e desfila sob o tema “O Brasil de suas Imperatrizes: de Viena para o Mundo, Carolina, Josefa Leopoldina; de Ramos, Imperatriz  Leopoldinense.

A Dragões da Real tem feito grandes desfiles nos últimos anos e aposta no título, homenageando a cultura caipira com o enredo “Minha Música, minha Raiz. Abram a Porteira para essa Gente Caipira e Feliz”. A agremiação entra no Sambódromo às 3h55 do segundo dia. Na letra, citações de canções que marcaram o estilo, como Romaria, Evidências, Fio de Cabelo, Galopeira, Rancho Fundo e É o Amor.

 

Grupo de Acesso

Pelo grupo de acesso, a Camisa Verde e Branco, a Águia de Ouro e a Pérola Negra entram na avenida já na madrugada de segunda-feira, dia 12, respectivamente à 1h, 2h e 3h.

A Camisa Verde e Branco, uma das maiores campeãs de São Paulo, evoca as raízes do samba paulistano e exalta o poeta e herói na Pauliceia Desvairada, Mário de Andrade. A Águia, tradicional escola da Pompeia, explora o enredo “Mercadores de Sonhos”, contando um pouco das histórias do oriente na avenida. Por fim, a Pérola Negra luta para voltar ao grupo Especial fazendo uma homenagem à Campina Grande, cidade paraibana que ostenta o título de o maior São João do mundo.

Acesso Rápido

3ª Feira de Troca de Livros

Neste sábado, 8 de junho, das 14h às 17h, acontece a 3ª edição da Feira …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *