CRAVI e PUC firmam parceria para divulgar atividades durante quarentena

Com o objetivo de propagar a nova forma de atendimento a pessoas que sofrem diversos tipos de violência, como a doméstica, o Centro de Referência e Apoio à Vítima (CRAVI), programa da Secretaria da Justiça e Cidadania, firmou convênio com a Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP).
Os alunos dos núcleos de Psicanálise e Psicologia e Vulnerabilidades, supervisionados pela professora Teresa Endo, começaram nesta segunda-feira (04) a entrar em contato, via telefone, com a rede socioassistencial para apresentar o trabalho desenvolvido pelo programa, e explicar que os atendimentos do CRAVI ocorrem por telefone (11) 3291-2624 e e-mail (cravi@justica.sp.gov.br), por conta da pandemia do COVID-19 .
“Sabemos que para as vítimas de violência a iniciativa de ficar em casa, embora orientada pelas organizações de saúde, oferece complicadores particulares que devem ser compreendidos para a promoção da segurança e do cuidado com as mesmas”, afirma o coordenador do CRAVI, Bruno Fedri.
Além disso, o CRAVI contará com o apoio do Núcleo de Contextos em Crises: Intervenções Clínico-institucionais da PUC, coordenado pela Profa. Ida Cardinali, que construirá uma rede de apoio para os técnicos e estagiários do programa.
Fonte: saopaulo.sp.gov.br

Acesso Rápido

LGPD x Recrutamento e Seleção, especialista avalia impactos nas empresas

“Além do consentimento do candidato para armazenar os dados, a LGPD obriga gestores a usá-los …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *