Durante o inverno, cuidados com a saúde devem ser redobrados

É só a temperatura abaixar alguns graus que a frase “leva um casaco” vira mais do que uma recomendação e se torna quase uma ordem. Isso é bastante comum entre as famílias porque muitos já sabem dos riscos de saúde que estamos sujeitos com a chega do frio.
Mas nada disso é mito. Com a chegada do inverno, os cuidados com a saúde devem ser redobrados. Gripes, resfriados e doenças respiratórias crônicas, como asma, rinite, sinusite e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), são realmente mais frequentes nesta época.
As maiores preocupações da população em geral estão no aparecimento de gripes e resfriados. Com as temperaturas baixas, ambientes fechados são mais favoráveis para a propagação do vírus. Diferentemente do que muitos pensam, as duas enfermidades possuem sintomas e características diferentes.
Quando sintomas como dores no corpo e nariz escorrendo aparecem aos poucos, são sinais de um resfriado. Enquanto isso, a aparição deles de uma hora para outra acompanhada de tosse seca e febre, o indivíduo pode estar com gripe.
Pensando nessas e outras ocorrências, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo disponibiliza anualmente algumas dicas que devem ser seguidas por todos os paulistanos. O intuito é fazer com queles se protegem de qualquer uma dessas doenças. Confira:
– Agasalhar-se bem, principalmente ao sair na rua
– Em dias muito frios e secos, evitar a prática de exercícios físicos ao ar livre
– Banhos prolongados com água muito quente podem provocar ressecamento da pele
– Usar soro fisiológico para hidratar olhos e narinas
– Ao utilizar aquecedores, é importante manter um fonte de umidificação do ambiente, como colocar um recipiente com água, tolhas molhadas e até umidificadores.
– Para facilitar a circulação do ar e diminuir a concentração de vírus, bactérias, material particulado e alérgenos no ambiente, é necessário manter pelo menos uma fonte de ventilação em locais fechados.
– Lavar e secar bem mantas, cobertores e blusas guardadas por muito tempo em armários
– Mesmo no frio, é importante manter o cuidado com o sol e não se esquecer de usar protetores.
– Tome muito cuidado com o acesso de crianças pequenas à cozinha. Evite que brinquem neste ambiente, atraídas pelo calor.
– Evitar o uso de fogo para aquecer ambientes, o que também pode provocar graves acidentes.

Acesso Rápido

Ampliada vacinação contra dengue para crianças de 10 a 14 anos

Desde quinta-feira, 11 de abril, a Prefeitura de São Paulo ampliou a vacinação contra a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *