Linhas do metrô e CPTM passarão a fechar mais cedo aos sábados por causa da queda de demanda em SP

As estações do metrô de São Paulo e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) passarão a fechar à meia noite também aos sábados. Durante a semana, o horário de término da operação já era à meia noite. A mudança começa neste sábado (23).
O motivo, de acordo com as concessionárias responsáveis pelo serviço, é a queda na demanda provocada pelo isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus.
Antes, a operação costumava se estender até a 1h aos sábados. Nos dias de semana, os trens e metrô já fechavam à meia noite. Agora, todas as estações passarão a fechar todos os dias à meia noite.
A antecipação em uma hora no fechamento das estações dará mais tempo também para as equipes trabalharem nas obras de modernização, melhorias e manutenção do sistema durante a madrugada.
O horário de início das operações permanece às 4 da manhã na CPTM e às 4h40 no metrô. Ônibus da EMTU não serão impactados.
Com a mudança, Metrô e CPTM também vão fechar todos os dias à meia-noite. O horário de início das operações permanece às 4 da manhã na CPTM e às 4h40 no Metrô. Ônibus da EMTU não serão impactados.
Sobre a ViaMobilidade: A ViaMobilidade é a concessionária responsável pela operação e manutenção das linhas 5-Lilás de metrô e 17-Ouro de monotrilho em São Paulo. A Linha 5-Lilás é composta por 17 estações e atende a Zona Sul de São Paulo, de Capão Redondo a Chácara Klabin. Ela se integra ao Metrô na Estação Santa Cruz (Linha 1-Azul) e na Estação Chácara Klabin (Linha 2-Verde) e à CPTM (Linha 9-Esmeralda) na Estação Santo Amaro. Já a Linha 17-Ouro, quando concluída pelo Governo do Estado de São Paulo, terá oito paradas entre as estações Morumbi e Jardim Aeroporto, com integrações à Linha 5-Lilás, na Estação Campo Belo, e com a Linha 9-Esmeralda da CPTM, na Estação Morumbi.
Fonte: g1.globo.com

Acesso Rápido

Portal da Educação Ambiental promove ensino sobre meio ambiente e sustentabilidade

Você sabe o que é permacultura? E herbário? Já ouviu falar em queima prescrita? Estes …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *