Mais uma no bolso do contribuinte

CET testa em SP carro que multa Zona Azul

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) está fazendo testes com um carro que, em movimento e munido de seis câmeras, pode aplicar multas a motoristas de automóveis parados na Zona Azul sem cartão de estacionamento. Por ora, são apenas testes e não há cobrança de multas. Mas a ideia da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes é fazer uma licitação e espalhar esses carros por toda a cidade de São Paulo. O secretário de Transportes, João Octaviano, afirma que os testes, que começaram em setembro e devem durar mais 45 dias, vêm mostrando que o carro consegue ler as placas de 96% dos veículos – e 7,5% deles poderiam ser multados, pois estavam estacionados irregularmente. “Tem alguns fatores, como sombra, que atrapalham a leitura da placa”, explica. Mesmo assim, ele considera os resultados satisfatórios.
Os testes estão ocorrendo no Brás, tradicional bairro comercial da zona leste. Ali, o automóvel percorre um conjunto de ruas que somam mil vagas de Zona Azul. Como desde 2016 a emissão do serviço é digital, com créditos vendidos em aplicativos para celular, o trabalho do carro é ler todas as placas de carros parados e conferir os dados, automaticamente, com os cadastros de emissão de Zona Azul – verificando se o carro não está listado como habilitado para usar o sistema. Os dados das placas ainda estão passando por olhos humanos, que validam os resultados.
Com esse modelo de fiscalização, já adotado em outros países, segundo Octaviano, a eficiência seria maior do que o sistema atual, com agentes de trânsito. A ideia é que uma única equipe possa monitorar uma quantidade maior de ruas em menos tempo. Além disso, “os agentes que fiscalizam a Zona Azul são os mais expostos a agressões de motoristas que não concordam em serem multados”, segundo o secretário. O controle eletrônico livraria os marronzinhos desses infratores insatisfeitos.

Acesso Rápido

Inauguração da Sala de Operações do 23º BPM/M

Nesta quarta-feira, 3 de abril, o comandante do Vigésimo Terceiro Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *