Ortopedista pediátrico dá dicas para ajudar com a mochila e o calçado

É melhor prevenir do que remediar.” Esta afirmativa faz parte do entendimento de pais e responsáveis quando o assunto é saúde, porém, colocar em prática não é tão simples assim. Um exemplo são os descuidos na hora de comprar o material escolar na volta às aulas. Dentro da lista de materiais para o uso durante o ano letivo entram também a mochila e o calçado para completar o checklist. “Mais importante do que aderir aos modismos da temporada é pensar na consequências que uma mochila ou calçado inadequados podem causar na saúde da criança, as dores na coluna vertebral, cervical e pés podem prejudicar o desemprenho escolar e até o afastamento do aluno” explica Dr. Bruno Massa, ortopedista pediátrico do Hospital das Clínicas de São Paulo.
Para prestar atenção:
Mochila:
Peso: a mochila não pode ultrapassar de 10% do peso da criança. O peso pode causar o aparecimento de dores na região lombar e do pescoço, e evidenciar alguma doença pré-existente que se manifestaria anos mais tarde ou não.
Uso adequado: evitar pendurar a mochila em apenas uma alça, esse uso contante altera o equilíbrio da musculatura da coluna e provoca vícios de postura e dores na região mais exigida (lombar, ombros).
Conscientização: feita a lição de casa, a escola também  deve fazer a sua parte, contribuindo com a montagem de uma agenda que não implique em um número muito grande de cadernos, livros e dicionários que deverão ser levados para casa todos os dias.
Calçado:
Conforto dos pés: a escolha do calçado deve priorizar sempre o conforto dos pés, aliado ao tipo de uso. Caso ela tenha algum tipo de doença já em tratamento, deve seguir à risca a prescrição médica para que não ocorra o agravamento da dor ou enfermidade.
Na medida certa: o calçado deve ter a medida certa, nem grande, nem pequeno, mas confortável. Para isso, uma simples ação pode ajudar nessa tarefa: faça um desenho do contorno do pé do seu filho em uma folha de papel, isso será divertido, lúdico e certifique-se que o pé desenhado está bem acomodado dentro do calçado escolhido.

Dr. Bruno Massa – Especializado em Ortopedia Pediátrica, Cirurgia do Pé, Tornozelo e Traumatologia – www.drbrunomassa.com.br

Acesso Rápido

Entenda a importância da vacina contra coqueluche, que tem aumento de casos

O número de casos de coqueluche na cidade de São Paulo dobrou entre janeiro e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *