Prefeitura inicia remanejamento de leitos para ampliar o número de cirurgias eletivas

A Prefeitura de São Paulo iniciou no último dia 01, o remanejamento dos leitos da rede municipal de Saúde para ampliar o número de cirurgias realizadas na cidade. A ação foi possível por conta da redução do número de novos casos e internações em decorrência da Covid-19. Em 2021, já foram realizadas 22.038 cirurgias eletivas.
Atualmente, dos 29 hospitais que compõem a rede municipal, apenas 5 permanecem referenciadas exclusivamente para o tratamento do coronavírus, ampliando a rede de atendimento para outras doenças nas demais unidades.
Em julho, as cirurgias eletivas da rede municipal já haviam sido ampliadas e reorganizadas, com o lançamento do programa “Avança Saúde – Cirurgias e Exames”. Com ele, a rede foi ampliada para atendimento 24h em cinco Hospitais Dia (HDs) e estendeu, até às 22h, o atendimento em outros oito HDs que funcionavam até as 19h.
Com o programa, algumas cirurgias que necessitam de maior tempo de observação no pós-operatório e alguns procedimentos diagnósticos que necessitam de internação, passaram a ser realizados nos HDs 24h, permitindo que os leitos dos hospitais sejam destinados às cirurgias eletivas de maior complexidade. Desde o início do programa, foram direcionados para avaliação cirúrgica 11.671 pacientes e, desde o dia 2 de agosto foram realizadas 2.592 cirurgias e 1.580 procedimentos diagnósticos previstos no projeto. Até o momento, foram realizadas 22.038 cirurgias eletivas em 2021. Em 2020, a capital realizou 37.923 cirurgias eletivas.
O projeto está direcionado às áreas de cirurgia geral, cirurgia ginecológica, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular, pequenas cirurgias, cirurgia proctológica e cirurgia otorrinolaringológica, além de alguns exames, como a colonoscopia e a endoscopia digestiva alta, para pacientes idosos ou com comorbidades.
A iniciativa prioriza os usuários que já contavam com agendamento, seguidos por aqueles encaminhados pelo Sistema de Gestão Ambulatorial da Saúde (Siga), responsável pela regulação da rede municipal de saúde.
Em casos de urgência ou emergência, a população pode procurar por uma unidade de pronto atendimento em um dos serviços de Saúde da cidade, que podem ser consultados (https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/estabelecimento_saude/index.php?p=311233).                                                                              Fonte: capital.sp.gov.br

Acesso Rápido

Paraoficina Móvel: programação do mês de junho

A Prefeitura de São Paulo leva aos bairros da cidade a Paraoficina Móvel, uma van …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *