Programa Vem Dançar promoverá baile virtual com temática de festa junina na próxima terça-feira (29)

O programa Vem Dançar, idealizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), realizará, na próxima terça-feira (29), sua terceira edição virtual, com muita música, comidas típicas, casas decoradas e com os participantes vestidos para uma festa junina. Já foram realizadas, neste ano, as edições do Carnaval e do Dia Internacional da Mulher.
O baile virtual foi a maneira encontrada pela SEME para dar andamento, mesmo durante a pandemia do coronavírus, ao programa, que é realizado desde 2007 e já teve mais de 100 edições, com a participação de 170 mil pessoas da terceira idade.
Os encontros são realizados nos Centros Esportivos e também nos salões do Corinthians, Clube Espéria e Juventus, entre outros. As edições contam com uma estrutura especial que envolve a preparação dos locais, a contratações de bandas ao vivo, instrutor de dança, transporte para os participantes e ambulância.
Com a pandemia, os bailes foram suspensos, porém, por ser uma iniciativa exitosa, a SEME implantou um novo formato, desta vez com as edições virtuais. “Foi um desafio para nós. Sabemos da vontade que nosso público sente de interagir, de se movimentar e a pandemia de uma hora para outra acabou com isso. Criamos então o Vem Dançar on-line para continuar estimulando nossos idosos. O resultado vem sendo muito bom, pois vários passaram a se interessar pelas aulas de informática”, explica a coordenadora do projeto, Dineia Cardoso.
Interação na pandemia – Para os frequentadores do Vem Dançar, os eventos on-line são importantes porque possibilitam a interação com os amigos e amigas dos clubes. Aos 69 anos, com dois filhos e três netos, Marilena Giampietro Camargo participou de um dos encontros anteriores. “Na última edição do Vem Dançar on-line, ganhei um prêmio por ter dançado um samba do Martinho da Vila, foi muito bom, quero participar novamente do concurso”, conta.
Marilena Camargo, que frequenta o Centro Esportivo Vila Maria há 40 anos, diz que quando trabalhava como representante comercial andava muito pela cidade, por isso se tornou, ao longo dos anos, uma mulher ativa. Antes da pandemia, ela costumava ir três vezes por semana ao Centro Esportivo. Agora, faz caminhadas e também aproveita as aulas on-line de ginástica oferecidas pela SEME, principalmente com a professora Adriana Castilho.
A pandemia do coronavírus pode ter obrigado dona Marilena Camargo a mudar os hábitos, mas o entusiasmo pela vida continua cada vez maior.“ Já tomei as duas doses da vacina e agora quero que tudo volte ao normal logo, não vejo a hora do Vem Dançar de volta aos salões. Vamos de ônibus fazendo bagunça, conversando, estou torcendo, rezando para a vida voltar como era antes, viver é uma maravilha”, afirma. Atualmente, o Vem Dançar é realizado com o uso da plataforma Google Meet. Os interessados se inscrevem e depois recebem o convite. A edição junina será no próximo dia 29, das 14h às 16h.
Inscrições: https://bit.ly/3gBRWmt Fonte: capital.sp.gov.br

Acesso Rápido

Estatuto da Pessoa Idosa sofre alterações. Saiba seus direitos!

O Estatuto do Idoso (Lei nº 10741/2003), a qual fui membro da Comissão Especial para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *