Saiba quais cuidados alimentares são importantes na fase pré-escolar

Muitas crianças durante a fase pré-escolar costumam comer alimentos não tão saudáveis. Como elas já conhecem os sabores e sabem do que gostam ou não, às vezes acabam comendo demais ou não comem nada, em alguns casos. Por conta disso, a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado separou as melhores dicas para ajudar as mães na hora de oferecer alimentos mais saudáveis para os filhos.
De acordo com a nutricionista Sizele Rodrigues, a alimentação da criança, durante essa fase, sofre grandes influências dos hábitos familiares, então todo cuidado é pouco. Também é importante dar bons exemplos. “É preciso que a alimentação seja suficiente tanto em quantidade, quanto em qualidade, respeitando os horários das refeições e incluindo diariamente porções de todos os grupos alimentares”, completa.
Rejeitar legumes e verduras é normal. Estudos indicam que os alimentos devem ser ofertados pelo menos de 8 a 10 vezes para que seja aceito pela criança. Então, um bom jeito de deixar mais atrativo é montar pratos com bastante cor para que possam ser variados e ao mesmo tempo divertidos.
Como a criança ainda não está na fase escolar, as refeições devem ser semelhantes às dos adultos, compostas por desjejum, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Os lanches devem ser de frutas, leite e derivados ou sanduíches. Produtos industrializados devem ser evitados, pois sua composição contém alto teor de sal, açúcar e gordura.
Segundo a médica Elisabete Almeida, um bom lanche entre as refeições, principalmente no intervalo entre as aulas, garante o um bom funcionamento do metabolismo, digestão e absorção dos nutrientes. “É importante também incluir água para que a criança possa garantir a quantidade necessária de hidratação”, diz a especialista.Veja abaixo algumas dicas:
– Alimentos devem ser oferecidos de 8 a 10 vezes;
– Frutas podem ser oferecidas inteiras e todos os dias;
– Evitar produtos industrializados: refrigerante, balas, salgadinhos, etc;
– Respeitar os horários de alimentação;
– Oferecer todos os grupos alimentares;
– As refeições devem ser compostas por café da manhã, lanche de manhã, almoço, lanche da tarde e jantar;
– Cuidar da higiene e armazenamento dos alimentos;
– Optar por alimentos cozidos e assados;
– Dar bons exemplos na hora da alimentação.

Acesso Rápido

Ampliada vacinação contra dengue para crianças de 10 a 14 anos

Desde quinta-feira, 11 de abril, a Prefeitura de São Paulo ampliou a vacinação contra a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *