VIRADA CULTURAL 2020

Neste sábado (12) e domingo (13), a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, apresenta a 16ª edição da Virada Cultural, que neste ano tem o mote “Tudo de Arte, Nada de Aglomeração”. São mais de 400 atrações, entre atividades on-line e intervenções urbanas, distribuídas por todas as regiões de São Paulo, sem aglomeração de público e pelo mundo, com transmissão virtual. Além das ruas e da Internet, a Virada está em seis teatros, nove centros culturais, 13 casas de cultura e 22 bibliotecas espalhadas por todas as regiões da cidade. O evento, que representa um investimento de R$ 6 milhões, celebra a pluralidade nas mais diversas linguagens artísticas para todas as idades em: artes visuais, circo, dança, literatura, moda, música, performance e teatro, com programação interativa que também prevê rodas de conversa e debates.
A arte e a cultura dão alma à cidade de São Paulo. Nesse momento da pandemia e o retorno à fase amarela do Plano São Paulo, elas se tornam ainda mais relevantes e urgentes para manter todos unidos, apesar da distância imposta pelo cenário atual. A cidade continua em quarentena, mas segue ativa, com a cultura presente em todos os lugares, movimentando a geração de trabalho e renda do setor (são 3.411 pessoas contratadas, entre artistas, técnicos e fornecedores), inspirando e oxigenando o público com a excelência artística de nossas atrações, sem aglomerações e com toda a segurança que a ocasião exige.
Entre as atrações musicais, que abrangem os mais variados ritmos (do samba ao metal, passando pela MPB, o forró, o rap, o reggae e a música clássica), o destaque são os shows que serão transmitidos do Theatro Municipal de São Paulo, como os de Elza Soares e Flavio Renegado, Arnaldo Antunes e Criolo. Gloria Groove, MC Kekel e Renan da Penha, assim como Elba Ramalho, o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, a Orquestra Sinfônica Municipal e o Terceiro Encontro Nacional de Mulheres na roda do samba, com Mart’nália e Fabiana Cozza, também fazem parte da programação..
Para quem está com saudades de uma festinha, o Clube em Casa reúne os principais DJs da cidade em uma série de apresentações musicais on-line, utilizando como cenário algumas casas de show que atualmente se encontram fechadas por conta da pandemia. São elas: Aparelha Luzia, Casa Caracol, Casa da Luz, Casa do Mancha, Fatiado Discos, Mundo Pensante, Prato do Dia e Tokyo.
Confira a programação em: www.viradacultural.prefeitura.sp.gov.br

Acesso Rápido

Museu da Língua Portuguesa passa a ter Clube de Leitura e feira de Troca de Livros

O mês de abril marca a estreia de duas atividades no Museu da Língua Portuguesa, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *