Secretaria da Habitação mantém entregas de moradias em São Paulo

Durante o mês de maio foram entregues de forma administrativa 812 unidades habitacionais pela Secretaria da Habitação de São Paulo. Também foram regularizados 519 domicílios, graças à implantação do trabalho remoto e da digitalização dos processos pelo Programa Cidade Legal.
Somente na capital, 704 famílias receberam as chaves da casa própria, nos seguintes empreendimentos: Cidade Tiradentes (39), residenciais Osório (365) e conjunto Augusto Amaral (300). Outras 72 casas foram entregues a novos mutuários do município de Itariri e 36 em Presidente Venceslau.
As moradias são resultado da parceria entre o governo paulista e a União no programa Minha Casa Minha Vida. Por meio da Casa Paulista, foram investidos de R$ 17,5 milhões nesses imóveis, beneficiando mais de três mil pessoas. Todas as unidades são destinadas a famílias com renda mensal de até R$ 1.800.
Nas entregas do mês foram adotadas diversas medidas sanitárias necessárias para impedir a disseminação da COVID-19, entre as quais o atendimento escalonado com hora marcada, a assinatura de contratos em mesas separadas com distância superior a dois metros e a entrega das chaves individualmente para o representante de cada família contemplada.
Álcool em gel, máscaras e canetas de uso único também foram distribuídos nos locais. Os funcionários usam máscaras protetoras e luvas e mantém o distanciamento recomendado. “Com essa medida, seguimos a orientação do Centro de Contingência do Coronavírus do Estado, no sentido de evitar aglomerações de pessoas”, explica o Secretário da Habitação Flavio Amary.
Cidade Legal – O programa Cidade Legal, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Habitação, continua ativo, realizando análises de processos e produzindo documentos que auxiliam na regularização fundiária nos municípios.
Fonte: saopaulo.sp.gov.br

Acesso Rápido

Cansado de ligações de cobrança e telemarketing, saiba o que fazer!

Quem nunca foi importunado por ligações insistentes de telemarketing e empresas de cobrança, no meio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *