Prefeitura lança edital para contratar empresas para elaborar laudos de 17 viadutos e pontes de São Paulo

A Prefeitura de São Paulo lançou um edital para contratar empresas que farão vistorias e elaborar os laudos técnicos de 17 pontes e viadutos da capital paulista. Segundo um relatório da Secretária de Obras, sete viadutos estão com a estrutura ruim. Todo o serviço vai custar R$ 8 milhões. Os envelopes estão previstos para serem abertos no dia 16 de agosto. Veja a lista: Viaduto Engenheiro Alberto Badra: R$ 1.408.904,15; Viaduto João Julião da Costa Aguiar: R$ 331.850,79; Viaduto Jabaquara: R$ 360.366,12; Viaduto Brigadeiro Luiz Antonio: R$ 323.058,26; Viaduto Pedro de Toledo: R$ 133.417,81; Viaduto Gen. Euclides Figueiredo: R$ 202.605,99; Viaduto Alcântara Machado: R$ 1.087.411,58; Viaduto Milton T. de Souza : R$ 598.385,36; Ponte do Limão: R$ 571.865,90; Viaduto Naor Guelfi: R$ 319.274,48; Viaduto Gen. M. Salgado: R$ 202.323,23; Viaduto Major Quedinho: R$ 108.433,56; Viaduto Pacheco Chaves: R$ 776.693,05; Viaduto Com. Elias N. Brein: R$ 697.654,08; Viaduto Washington Luís: R$ 568.231,25; Ponte Aricanduva: R$ 579.190,14 e Viaduto Paraíso: R$ 268.636,12.
Na base do Viaduto da Lapa, é possível ver os roletes (são aparelhos de apoio que servem para permitir a movimentação natural da estrutura, que se dilata quando esquenta e se contrai quando esfria). Neste caso, os roletes estão enferrujados e desalinhados – o que traz risco para o viaduto.
“Quando o rolete está estragado como a gente vê aqui, com corrosão, enferrujado, ele não tem esse movimento e traz um esforço adicional à estrutura para o qual ela não foi projetada, o risco de ter um esforço excessivo na estrutura pode até levar ao desabamento”, diz Luis Otávio Rosa, engenheiro do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape).
O viaduto também tem plantas na estrutura. Uma obra de reforço não foi concluída. Na parte de cima, as juntas de dilatação, que deveriam ter borrachas ou placas metálicas, foram asfaltadas. Em um dos pontos, a fissura aumenta o impacto dos veículos pesados. A inspeção da Prefeitura mostra que, numa escala de 1 a 5, o viaduto da Lapa tirou nota 2 em condições de uso, em durabilidade e na estrutura. Isso significa condição ruim.
O Viaduto Naor Guelfi, no entroncamento da Rodovia Raposo Tavares com a Avenida Escola Politécnica, ficou com média ainda pior porque tirou nota 1 nas condições de uso. Aqui, os pilares têm marcas de incêndio. A rampa para cadeirantes cedeu. A canaleta de drenagem foi tomada pelo mato.
De acordo com a licitação, o laudo do Viaduto Naor Guelfi deve custar R$ 319.274,48. E o do Viaduto da Lapa, R$ 697.654,08. Nessa licitação ainda estão os viadutos Pedro de Toledo, Washington Luiz, Alcântara Machado e Major Quedinho. E também as pontes do Limão e Aricanduva.
O especialista em perícias diz que é importante o diagnóstico que a prefeitura está fazendo. Mas critica o ritmo dos trabalhos.
“Ele parece que está andando relativamente devagar. Nós temos 185 viadutos, nós temos 16 com diagnóstico e 17 em contratação e os demais? Então é preciso cuidar de toda a malha de viadutos e pontes de São Paulo.”
Veja a nota da Prefeitura
“A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) esclarece que os laudos estruturais das 16 pontes e viadutos estão sendo analisados e o volume de páginas é muito elevado. Em relação à ampliação do prazo para 180 dias para entrega de laudos estruturais de 17 novas Obras de Arte Especiais (OAE), trata-se de solicitação do mercado, que não possui capacidade para concluí-los nos 120 dias inicialmente previstos. Sobre o questionamento da reportagem em acelerar o processo, a Prefeitura informa que trabalha respeitando a lei. O edital de licitação para contratação de laudo estrutural do viaduto Naor Guelfi e de outros 16 viadutos e pontes foi publicado no Diário Oficial no último dia 20. Os envelopes estão previstos para serem abertos no dia 16 de agosto.
O Programa de Metas da Prefeitura prevê a realização de inspeção especial de 185 Obras de Arte Especiais (OAE). Já foram vistoriadas 73 OAE, 16 laudos estruturais entregues em caráter emergencial, outros dois virão em agosto; foi lançada licitação para contratação de 17 laudos técnicos e novo certame está sendo concluído para mais 19 laudos. Já foram concluídas quatro obras emergências: marginal de Pinheiros, Freguesia do Ó, Ponte da Dutra e Ponte da Casa Verde. Nas 152 restantes continuam sendo realizadas as vistorias visuais.”

Acesso Rápido

Cansado de ligações de cobrança e telemarketing, saiba o que fazer!

Quem nunca foi importunado por ligações insistentes de telemarketing e empresas de cobrança, no meio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *